Psiquiatria Popular Brasileira

O modelo psiquiátrico adotado no Brasil é tradicionalmente europeu e hospitalocêntrico, o que acaba sendo muito custoso e complexo, especialmente em um país economicamente deficiente. Nos anos 90, propus a integração da psiquiatria com a cultura popular do transe, amplamente disseminada no Brasil. Não houve sucesso, e uma década depois publiquei o projeto em forma de pequenos artigos, que suscitaram um bom debate. Animado, formatei-os como livro, o qual nunca foi publicado, por falta de interesse das editoras.

Psiquiatria Popular Brasileira: A Função Reguladora do Transe

Função Reguladora do Transe e Possessão Ritual nos Cultos Espiritistas

Transe e cultura brasileira. Jacques Mongruel e as origens da psicoterapia do transe (transeterapia) no Brasil

Treinamento autógeno simplificado: um método de terapia integral

Qual a verdadeira origem (recalcada pelos historiadores modernos) da psicoterapia no Brasil?

Instituição da psicoterapia na medicina brasileira: 1887-1889

Introdução da psicoterapia na medicina brasileira: 1887-1889

Pré-história da psicoterapia brasileira: a chegada do magnetismo animal ao Brasil: 1823-1887

O magnetismo animal no brasil: pré-história da psicoterapia brasileira, 1823-1887

Freud, o hipnotista

Portela Câmara F. Hipnose e Medicina, 1995 (livro, edição esgotada)

Uma ideia para agilizar e baratear o atendimento psiquiátrico

Questionário breve para detectar as cinco condições psiquiátricas mais prevalentes em serviços de atenção primária à saúde

A tragédia da redução de leitos psiquiátricos no Brasil

Mortalidade por transtornos mentais e comportamentais e a reforma psiquiátrica no Brasil contemporâneo

Mortalidade por transtornos mentais e comportamentais e a reforma psiquiátrica no Brasil contemporâneo. II – Elementos para um debate